As cartas de aceitação e notificação do LASA2023 foram enviadas a 17 de novembro de 2022.
LASA2020 Améfrica Ladina: vinculando mundos y saberes, tejiendo esperanzas

Luciano Tomassini Latin American International Relations Book Award

Sobre a premiação

O Luciano Tomassini Latin American International Relations Book Award é oferecido em cada Congresso Internacional da LASA aos autores de livros que se destacaram na área de políticas externas e relações internacionais da América Latina publicados em qualquer país em inglês, espanhol ou português.

O professor Luciano Tomassini, notável pensador, cientista e analista político dedicou seu talento a difundir a necessidade de se compreender as mudanças políticas e econômicas mundiais, bem como para extrair o máximo do posicionamento da América Latina dentro do panorama internacional. Os presidentes do IDB se beneficiaram do seu conhecimento e compreensão das relações internacionais e políticas públicas. Suas maiores realizações consistem na: a) criação da Red de Relaciones Internacionales de América Latina (RIAL), que reuniu estudantes a fim de analisar as constantes mudanças do cenário internacional e o posicionamento da América Latina nesse contexto e b) produção de um volume que muitos consideram sua obra prima, Rompiendo códigos: el cambio cultural de nuestro tiempo (FLACSO, 2010), que ganhou o National Book Award do Chile.

Em uma época de governos militares com uma compreensão limitada do mundo ao seu redor, Luciano afirmou que as transições democráticas futuras precisariam de governos e quadros militares capazes de entender o ambiente internacional. Luciano Tomassini compreendeu o sucesso da internacionalização da América Latina. A LASA criou, em sua homenagem, o Prêmio de Relações Internacionais da América Latina Luciano Tomassini para o melhor livro da região em RI e políticas externas publicado em inglês, espanhol, português e francês nos últimos três anos.

Chamada para indicações

O Luciano Tomassini Latin American International Relations Book Award é oferecido em cada Congresso Internacional da LASA aos autores de livros que se destacaram na área de políticas externas e relações internacionais da América Latina publicados em qualquer país em inglês, espanhol ou português. Os livros qualificados para a premiação de 2020 devem ter sido publicados entre 1º de julho de 2018 e 30 de junho de 2019. Antologias de seleções de vários autores não se qualificam. Os livros serão avaliados nos quesitos originalidade da pesquisa, qualidade da análise, escrita e importância da contribuição aos estudos da América Latina e do Caribe. Os livros podem ser indicados por autores, membros do LASA ou editores.

As pessoas que indicam os livros são responsáveis por confirmar a data de publicação e por encaminhar uma cópia (digital ou física) diretamente a cada membro da Comissão Julgadora, às custas dos autores ou editores. O pacote de indicação deve incluir uma declaração justificando a indicação; uma cópia do livro indicado (digital ou física); e o endereço de correspondência completo, telefone, números de fax e endereço de e-mail do indicado. Os livros impressos devem ser enviados diretamente a cada membro da Comissão Julgadora e ao Secretariado da LASA até 20 de setembro de 2019. Indicações ao Luciano Tomassini Latin American International Relations Book Award devem ser apresentadas vía electrónica. Preencha o formulário de indicação até 20 de setembro de 2019. Para o transporte internacional, por favor rotular todos os livros como presentes e não como amostras.

Todos os livros indicados devem chegar a cada membro do Comitê do Prêmio até 20 de setembro 2019. Em 20 de janeiro de 2020, o comitê selecionará um livro vencedor. O comitê também poderá conceder uma menção honrosa. O prêmio será anunciado na Cerimônia de Premiación da LASA2020 e o premiado será homenageado publicamente. O recebimento do prêmio não está sujeito à afiliação na LASA.

Os membros do comitê de 2020 são:

Marisa Von Bulow 
Universidade de Brasilia

Carol Wise
University of Southern California

Andrés Malamud
Universidade de Lisboa

Ana Covarrubias 
El Colegio de México

História do prêmio

2020


PRÊMIO: Katherine M. MarinoFeminism for the Americas: The Making of an International Human Rights Movement (University of North Carolina Press, 2019)

2019


PRÊMIO: Tore C. Olsson, Agrarian Crossings: Reformers and the Remaking of the US and Mexican Countryside (Princeton University Press, 2017)

MENÇÃO HONROSA: Kathryn A. Sikkink, Evidence for Hope: Making Human Rights Work in the 21st Century (Princeton University Press, 2017)

2018


PRÊMIO: Sean W Burges, Brazil in the World: The International Relations of a South American Giant (Manchester University Press, 2016)

2017


PRÊMIO: Patrick Iber, Neither Peace nor Freedom: The Cultural Cold War in Latin America (Harvard University Press, 2015)

2016


PRÊMIO: Christine Hatzky, Cubans in Angola: South-South Cooperation and Transfer of Knowledge, 1976-1991 (University of Wisconsin Press)

MENÇÃO HONROSA: Elliot Young, Alien Nation: Chinese Migration in the Americas from the Coolie Era Through World War II (University of North Carolina Press)

2015


PRÊMIO: Arturo C. Sotomayor, The Myth of the Democratic Peacekeeper: Civil and Military Relations and the United Nations (Johns Hopkins University Press)

2014


PRÊMIO: Gustavo Flores-Macías, After Neoliberalism? The Left and Economic Reforms on Latin America (Oxford University Press)

MENÇÃO HONROSA 1: Claudia Kedar, The International Monetary Fund and Latin America. The Argentine Puzzle in Context (Temple University Press)

MENÇÃO HONROSA 2: Gabriel Paquette, Imperial Portugal in the Age of Atlantic Revolutions: the Luso-Brazilian World, c. 1770-1850 (Cambridge University Press)

2013


PRÊMIO: Tanya Harmer, Allende's Chile and the Inter-American Cold War (Chapel Hill: University of North Carolina Press, 2011)

MENÇÃO HONROSA: Mark Eric Williams, Understanding U.S.-Latin American Relations: Theory and History (Routledge, 2011)

2012


PRÊMIO: Marisa von Bulow, Building Transnational Networks: Civil Society and the Politics of Trade in the Americas.